ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015
contra ponto
ponto contra
contra tempo
tempo contra

contra gosto
contra senso
gosto contra
senso contra

contra peso
time contra
peso contra
contra time

contra tudo
nada contra
contra nada
tudo contra

terça-feira, 29 de dezembro de 2015


Atravesso o tempo
num relógio de sol

se chover, escorro
no choro aberto do passado

se ventar, viro asas
em direção ao futuro

se é lua cheia, mínguo
na cheia do presente

mas...se há estrelas
sou infinito
segunda-feira, 28 de dezembro de 2015


O vento precisa de um solo
que sopre a poeira do chão
desfaça pegadas e traços
traga o perfume do colo


ele precisa de asas e abraços
pra dar sentido a sua existência
e permitir a livre liberdade
de soprar aromas da essência

e sussurre a ventidão as janelas
grite a brisa suave as portas
feche as ventarolas amarelas
cale-se o vento às comportas