ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

domingo, 15 de fevereiro de 2015


Ah, saudade, se soubesses...
não apareceria assim de repente
se no infinito coubesses
como no cabelo um pente
farias entre sobe e desces
uma estrela cadente
revelarias quermesses
de um amor pendente

Saudade, se amasses
entenderia o que a gente
ainda que evitasses
sente, sente, sente...