ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sábado, 19 de setembro de 2015


Há indecisão nas palavras
flutuam no céu da boca
mastigam-se num silêncio audaz


Semeadura de lavas
escorre temente e pouca
na terra não se refaz

o significado não crava
a poesia fica rouca
fugindo de tanta paz

tudo o que se ensaiava
é estrofe de vida louca
sem poder voltar atrás

insensato o verso cava
da folha branca e oca
o sentido que aqui jaz