ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

quinta-feira, 21 de julho de 2011
O passado
deixou-me
nos braços do presente.

Ficou
no futuro do pretérito
e esqueceu-me
no infinitivo
sem nenhuma desinência.

Num fim de tarde
nostalgicamente
ele voltou...
...
uma voz no túnel do tempo:
ativa, passiva, reflexiva,
em instantes de carne e osso.

O passado não passou.
Presentificou-se...