ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

domingo, 8 de dezembro de 2013

              manacá de cheiro


Amor da pedra brotado:
cálculo abstrato
no concreto enraizado.

Lutou tanto pra nascer,
entre cores vivas rompeu
impedido de florescer.

O tempo foi regador:
ponteiro de lua e sol,
jardineiro construtor.

Em seu lugar a saudade
fez surgir um manacá
tornando-o realidade.

A chuva e a ventania,
seu  perfume espalha
carregado de poesia.

...à noite pela janela
estrelas testemunham
a magia tão bela:

a pedra se move,
abrindo em flor
o amor que a envolve.