ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

terça-feira, 3 de junho de 2014




Não escuta, ouve meu desejo
encosta nestas palavras 
e sente a minha ternura
Ah se em troca de tanta felicidade
que me dás
pudesses perceber o perfume da minha gratidão
Ah se pudesses
- se soubesses-
meu coração inteirinho
Se deixasses a poesia contar
da infância e maturidade
desse meu carinho!

* título sequestrado de um poema de Libertinagem & Estrela da Manhã de Manuel Bandeira.