ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

quinta-feira, 7 de julho de 2016




Era um sorriso espelhado,
nas águas daquele lugar,
que escorria iluminado
até as ondas do mar.

Um dia ficou cinzento
ninguém sabia explicar
e naquele momento
tudo parou de brilhar.

Descobriu-se nas correntes
das águas que ali viviam
o choro dos afluentes
que lentamente morriam

Aconteceu a chuvarada
daquelas que limpam o ar
as aves em revoada
começaram a cantar

Um clarão naquela dia
cobriu toda a paisagem
o sorriso das águas corria
oloruns davam passagem

Toda o povo mergulhou
olhos, mãos, pensamento
o sol brilhou de alegria
sorriram as flores ao vento