ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 2 de agosto de 2013








Tudo há e nada existe
nessa (des)combinação
versos (a)juntados
pela vida separados

desagarram-se num encontro
completos de não haver
sonhos (re)plantados
poemas desenhados

cores e telas literárias
palavras coreografadas
caminhos  planejados
semeiam olhos arborizados

E o tempo sem ter relógio:
janela viva de horizontes
constrói dias esperados
por sóis e céus enluarados