ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sábado, 24 de abril de 2010
Apagaram-se
as lágrimas
taciturnas
ventou em meus olhos
ardeu a alma
como furnas
o vento arde...
ventou em meus olhos
então enxerguei
desinventaram
as imagens
ventou em meus olhos
o vento arde
fiz algumas paragens
e parou a ventagem
os olhos começaram a ventar...
voaram até
o céu alcançar
um fim de tarde