ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011
A centelha explode
sobre o vulcão
risca-me
a um palmo do chão
salto, estalo em dança
livro-me
da contração:
é o desejo
nascendo...
na contra-mão.

Valei-me,
larva acesa
delicada erupção!
O vento
aqui já não sopra
suspira a contradição...