ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013
 




   Gosto de usar batom. Eles sublinham minhas palavras.
    É o meu marcador de textos pessoal. Transferível, apenas, a quem queira entender a minha língua, roubando o sentido interdito das palavras, que engulo. Se não há batom, elas ficam grudadas no céu da boca, esperando o desenho resgate, para não virarem estrelas.
    Se quero despejar o que sinto com violência catártica, uso batom vermelho.
    Se preciso dizer que amo, pinto os lábios de rosa.
    Se o discurso deve ser sedutor uso gloss ou brilho, pois deixam as palavras penduradas nos lábios, o que torna a fala lenta e sensual.
    ...mas se o texto que pede pra sair é decisivo e definidor, coloco um cor de boca, pra que flua naturalmente, sem rusgas, dobraduras, subterfúgios, falsidades desnecessárias.
    O batom emoldura meus dizeres.