ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 16 de julho de 2010
O vento de agora
espalhou-se ontem
guardando-se
numa manhã...

Fez-se enraizar,
nasceu ,
cresceu prá caetanear
no papel azul
da maçã...

Foi mordidinho
devarinho
com carinho
num sonetinho
do poetinha
desmanchando-se
de noitinha
prá um amorzinho
soprar...

Bastou-se
num catavento
condensando
um tempo lento
foi parando
devagar

O tempo
parou no vento
o vento parou
seu tempo
mas dentro
não parou
o centro:
seu momento
de  inventar