ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

segunda-feira, 5 de março de 2012

HIPERBOLADA
"Ando tão a flor da pele...que qualquer beijo de novela me faz chorar." Zeca Baleiro
                                                                                                                                                                                               
Um suspiro atrás de mim, já me atravessa  toda
O projeto de um grito, já é um escândalo
O esboço da vontade, já é desejo
O arrastar do chinelo, já me incomoda
O quebrar da sua unha, já o torna vândalo
Falar carinhoso comigo, já é um beijo...

É carência, é demência
Eu não sei o quê
Tudo isso a flor da pele
E eu nem sei porque


 A lâmpada que pisca, já é um relâmpago
A torneira que pinga, já é um dilúvio
Tudo é o que sinto, nada é o que vejo
Vejo um jacaré, em qualquer calango
Se fechar a janela, é subterfúgio
Se for gentil, já merece um beijo

É carência, é demência
Eu não sei o quê
Tudo isso a flor da pele
Eu nem sei porque

Qualquer vento mais forte, já me solapa
O raio do sol, já me faz arder
Se rir de mim, já dou um tapa
A  normalidade, já faz enlouquecer
Qualquer nome de rua, já é um meu mapa
Nem bem fez a pergunta, já quero responder

Tudo isso a  flor da pele
Eu nem sei porque
Acho que o responsável
É o meu querer
Qualquer informação já é um discurso
Se diz uma palavra, já é uma oração
Qualquer  farelo, já é um banquete
Pequena ajuda, já vira recurso
A batida na porta, é teu coração
Um jogo de palavra, já é um joguete

 Nada é tudo a flor da pele
Eu já sei porque
É a falta que eu sinto
De não ter você

Se encosta em minha pele
Eu já viro flor
Prá que o sentido se revele
Só o seu amor