ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011
Sopros suaves me atormentam, se insistem em negar que os furacões existem.
As brisas podem anunciar as tempestades mais sórdidas...
Não creio na calma que embala a explosão contida,
nem em promoção de paisagem de Shopping, que esconde as necessidades reais.
Prefiro o grito, a revolta explícita, que a contenção temporária das barreiras insólitas.
A contemplação analgésica sabota a vida.
Defendo, que todas as manhãs, sigamos para o trabalho ao som e a provocante emoção de uma Escola de Samba na concentração.
Os ímpios sonham jardins infamemente perfeitos...
Os justos voam, prá compreenderem visualmente o caos, que desenha o mundo e, as vezes, despencam, mas sabem abrir as asas e voar.
Conversas inúteis e fúteis são soníferos que não nos deixam sentir o vento passar, nem a pele arrepiar.
Os berros ferozes, ocultos nas mentes alheias, deviam fazer um coral pelos direitos a ter direitos em ecoá-los nos vales, ao vento,até lapidarem verdades .
A sabotagem silenciosa das ventanias, avassaladoras e modificantes, convidam a  permanência de uma brisa eterna - causadora das insatisfações, que interferem de maneira inversamente proporcional aos nossos desejos.
Que a partir de agora, busquemos os Tufões, Furacões, vendavais, dando intensidade as modificações necessárias, neste Novo Ano que se inicia.


QUE O VENTO NOS ACOMPANHE EM NOSSOS CAMINHOS!