ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012
Morro de amor.
O amor me mata, amor.
Mato o amor que não morre.
Não morre esse amor que me mata.

Eu morro no amor eterno.
Eu morro eterno no amor.