ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

terça-feira, 24 de maio de 2011
Na moldura da janela:
o silêncio enrugado,
só respiração e olhar.

Um desejo torto
segurando um homem,
que fechando os braços,
guardava a lembrança
de  saber voar.