ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013
Quantos versos no desalinho
do horizonte sobre o mar

poemas plantados a margem
do caminho que perfuma
flores ausentes
...maresias.

Estrofes de luz
cegam o dia
e a alma imensa
de textos alados
mergulhados

a palavra desenha
o desenho da palavra
brotada das ondas
que toca o cais
e faz correr a vida...

A vela leva
livra livre
livro aberto sobre as águas.