ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 29 de março de 2013

O traçado azul da ondas
rasgos da estrada amarela...
enquanto o oceano faz espuma.

Charles Bukowski




Estradas desenham versos
sob os pés dançantes
tropeço em underground
combustivel do amor
esse cão dos diabos
acompanhante selvagem
e docemente cruel

Risos ecoam em memórias
frescas e boas
nos meus olhos abençoados
pela realidade

o tempo nos conduz
nos consome
o amor
nos consome um ao outro

enquanto isso...
prefiro viajar
tecendo gráficos em abraços
reencontros e despedidas

estrofes em sacos de papel
no fundo da mala
Bom dia de estranhos
entre ovos e bacon

vence o amor
porque nele não há feridas
pela manhã
só a trilha sonora
de uma página virada.

Um clips ainda segura
a certidão de nascimento e óbito
alegando na folha do meio
a metade de sentimentos
para cada um
em caso do amor acabar

enquanto isso unhas encravadas
praça vazia
caminho feito de chuva
e tudo intimamente estranho

Quanto mais vai embora
mas o vê e verá novamente
não tenho como odiar isso

no meio fio do poema
o poema grita:
PARE!!!!
Eu quero voltar

sem responder,
meu feriado é uma evasão,
minha razão
não é.

 *versos de amor à Bukowski sacondem minha insensatez.