ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010
Barulhou na madrugada
ventania apavorada
atravessando os sonhos
e seus desejos medonhos

mensagerio tilintava
a cortina voava
os cobertores escondia
E o vento descobria

O vento cantou a noite
com frio fez um açoite
ardia o corpo inteiro
deitado no travesseiro