ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011
      Hoje, fiquei triste de repente, mas de um de repente que já se arrastava há dias, dentro de mim...minhas mãos não podiam alcançar as minhas vontades, meu corpo impedido de satisfazer os desejos, minha mente comprometida com responsabilidades, que eu não queria ter. Uma sensação angustiante, chegou como uma nuvem de fumaça e comecei a respirá-la e me vi assim, num canto da vida encolhida, sabotando-me. Tomada por um 'não querer' decisivo, sai correndo pela rua da liberdade, prá encontrar-me com a esquina da alegria de viver de onde eu havia me perdido. Observei meu sorriso franco, as palavras soltas e meu coração, no meio da tarde, batendo junto com o sino da igreja. Caminhando pela praça, percebi um convite a vida. Olhei em volta e todos pareciam de repente tristes...