ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

domingo, 1 de abril de 2012
No pano azul do outono, escrevi seu nome, num branco nuvem iluminado. Pintei com delicadeza o amor e a palavra, borrando-os com carinho e esfumacei todo o sentido, espalhando-os  sobre o  meu corpo. Ainda úmido, o tecido não conseguia cobrir a nudez de meu sentimento explícito, lavado e lavrado naquele céu de mim.