ARQUIVENTO

BONS VENTOS A TODOS!!!

sábado, 14 de julho de 2012


Há um ser disfarçado
de algum humano
desconstruindo a emoção alheia.
Não se sabe se está longe, perto
 ou ao seu lado.
CUIDADO!

Pode usar seu lado melhor,
para poções poéticas;
suas melhores confissões
para um mural alheio.
CUIDE-SE!

O pior: pode usar sua solidão,
como um guardanapo branco,
onde pinta, desenha e escreve
em seu batom
beijos que só ficarão na promessa.
NÃO CUIDE DELA..
Ela não precisa de ninguém.


Se já a conhece,
desejo
que ela já não esteja instalada
dentro de você,
pois escorrega em sua alma.
E o único jeito de matá-la,
é escrevê-la, até que perca
o que nunca teve.
Seu nome?  Poesia.